11. Agosto 2017

Importantes medidas de reabilitação de estradas no Cuando Cubango e em Kuanza Sul, Angola

Durante a ceremónia de assinatura: (da esquerda para a direita) Stefan Tavares Bollow, gerente da GAUFF Engineering, Celso Martin, Director Provincial do Instituto de Estradas de Angola (INEA) e António Mário Martins Leite, gerente da INZAG Germany

Numa ceremónia tradicional, os anciãos (sobas) fazem com que qualquer mal se afaste dos participantes do projecto e da futura estrada.

Perfil transversal exemplar da estrada.

Foi adjudicada à joint venture INZAG Germany & GAUFF GmbH & Co. Engenharia KG o contrato para a reabilitação da Estrada Nacional EN 280, na província angolana do Cuando Cubango. Em 14-07-2017, o Ministro da Construção, Artur Fortunato, orientou pessoalmente a ceremónia solene de auto de consignação no início da EN 280, no município de Cuchi. A estrada parte de Cuchi e continua num percurso de aproximadamente 54 km para Cutato, cidade situada na fronteira com a Província de Huila. A joint venture INZAG Germany & GAUFF GmbH & Co. Engenharia KG é responsável pelo planeamento, pelo procurement e pela execução de obras. As medidas de reabilitação têm um valor contratual total de 60 milhões de euros. O financiamento do projecto será realizado por um consórcio bancário alemão.

A estrada já existe desde a época colonial e passa pela província do Cuando Cubango no Sul da República de Angola, fazendo a ligação principal entre Menongue, bcapital provincial no interior, e Lubango, a capital de Huila. Partindo de Lubango, a estrada continua até à cidade portuária de Namibe, à beira do Atlántico, constituindo portanto um dos corredores leste-oeste de desenvolvimento mais importantes para a diversificação económica de Angola. Após a guerra civil, a estrada foi renovada passo a passo. O troço Cuchi-Cutato é então o último em falta a ser reabilitado. Portanto, o projecto rodoviário é um elemento importante para o desenvolvimento regional, uma vez que a infraestrutura restaurada ajudou a gerar muitos novos empregos, principalmente na agricultura e mineração assim como na indústria fornecedora e transformadora.

Além de dignitários regionais, estavam presentes à ceremónia de assinatura, o Governador da província de Huila, João Marcelino Tyipinge, o vice-governador da província do Cuando Cubango, Ernesto Kiteculo, o Embaixador da Alemanha em Angola, Rainer Müller, e o Director Provincial do Instituto de Estradas de Angola (INEA), António Resende.

Já na semana seguinte, a Gauff Engineering logrou assinar um contrato para um projecto semelhante na província de Kwanza Sul. No âmbito deste projecto, num consórcio com a empresa construtora Queiroz Galvão Konstruktion GmbH, será reabilitada a Estrada Nacional EN 240 numa extensão de 34 km. Este projecto, orçado em 40 milhões de euros, também impulsionará o desenvolvimento económico e turístico da região conectada.