29.09.2021

Capacidade eólica de 250 MW para a Etiópia

A Etiópia deseja expandir consideravelmente a sua geração de energia com economia de recursos. Para isso, a empresa pública de eletricidade, a Ethiopian Electric Power (EEP), iniciou um ambicioso programa para alcançar até 1,2 GW (gigawatts) de capacidade instalada para produção de energia eólica. A International Finance Corporation (IFC), uma subsidiária do Banco Mundial, apoia o governo da Etiópia no desenvolvimento de turbinas eólicas ligadas à rede, com uma potência de até 250 MW. As duas primeiras localizações possíveis, Debre Birhan e Aysha, foram já identificadas através de um estudo de viabilidade da RINA UK Ltd.

Ao abrigo deste programa, a GAUFF Engineering Power foi contratada para analisar detalhadamente estas localizações, cada uma com uma meta de produção de 125 MW.

O contrato inclui a gestão de projetos para estudos de localização, estudos hidrológicos, estudos geotécnicos e sísmicos, levantamentos topográficos e análise de rotas para o transporte dos componentes necessários para a instalação das turbinas eólicas. As pás do rotor constituem um desafio, uma vez que podem medir 80 metros de comprimento e precisam de ser expedidas e transportadas inteiras. Além disso, um único transformador pode pesar 100 toneladas. Assim, as rotas de transporte devem ser cuidadosamente verificadas com antecedência quanto à sua capacidade de transporte. A GAUFF Engineering Power pode contar com uma rede robusta e comprovada de parceiros locais na Etiópia.

Em seguida, tem lugar o concurso para projeto tipo IPP (Independent Power Producer), bem como a avaliação e seleção das candidaturas. Em meados de 2023, os construtores e operadores dos parques eólicos deverão ser anunciados e a construção das turbinas eólicas deverá ter início.

    Todas as notícias