09. Julho 2019

Aeroporto de Munique – Urbanização superior do AirSite West em construção

O aeroporto de Munique; em primeiro plano do lado esquerdo o novo AirSite West. © Flughafen München GmbH

Uma escavação impermeável para a construção de canais de águas pluviais e de águas residuais no AirSite West

No terreno com cerca de 50 hectares já ocorrem as primeiras construções de edifícios. © Flughafen München GmbH

Com o AirSite West irá criar-se no aeroporto de Munique um novo quarteirão com uma superfície de 50 hectares, no qual estão futuramente previstos escritórios, unidades de logística, gastronomia e hotelaria, assim como lugares de estacionamento para funcionários e passageiros. O AirSite West irá alojar ainda o Lab Campus - um centro de inovação empresarial e intersectorial. Um acesso otimizado à rede rodoviária será assegurado por um outro cruzamento no acesso central ao aeroporto (nó West Null) assim como por uma rotunda na Freisinger Allee na passagem para a Nordallee. O aproveitamento previsto deste terreno exige uma vasta renovação e um alargamento da infraestrutura existente para o abastecimento e a gestão de resíduos.

O consórcio GAUFF GmbH & Co. Engineering KG e act-consult AG (ARGE Erschließung MUC AirSite West) foi encarregado pelo Flughafen München GmbH (FMG) do planeamento geral para a urbanização superior da área. Em cerca de dois anos e meio de construção serão criadas novas linhas de água e esgotos com um comprimento total de aprox. 4,3 km, traçados de média e baixa tensão, linhas de telecomunicações/TI com mais de 12,4 km de comprimento e um traçado de aquecimento urbano de aprox. 1 km de comprimento. As ruas e os passeios para o AirSite West abrangem cerca de 23 800 m² de asfalto e pavimento.

Após o início da obra em junho de 2018, as medidas têm estado em plena execução pela empresa JOSEF RÄDLINGER INGENIEURBAU GMBH. Na execução da construção subterrânea, as difíceis condições para a obtenção parcial de meios de existência, para a coordenação de traçados, para a retenção da água de construção e para a regulação temporária do trânsito têm sido o maior desafio. Algumas partes da obra já podiam estar concluídas. Paralelamente a isso já decorrem as primeiras construções de edifícios nos terrenos adjacentes.

A conclusão das medidas de urbanização está planeada para setembro de 2020.