Central hidroelétrica "Imperatrice" no Gabão

Contrato: Assistência técnica ao ministério da energia num contrato EPC para a construção de uma central hidroelétrica "Imperatrice" no Gabão.

Contexto

Por forma a ir ao encontro da crescente procura de energia elétrica de uma forma duradoura e fiável, o governo do Gabão concebeu um plano para desenvolver o setor hidroelétrico. Uma parte fulcral deste plano de desenvolvimento é a construção de uma central hidroelétrica nas cascatas "Chutes de l’Impératrice Eugénie" no rio Ngounié na província com o mesmo nome. A partir daqui, as minas Mangan e Niob, bem como a indústria de processamento de madeira na província de Moyen-Ogooué devem ser abastecidas de energia. Para além disso, a Imperiatrice também deve abastecer de energia as cidades de Mouila e Mandji bem como a capital e Libreville.

Projeto

As cascatas "Chutes de l’Impératrice Eugénie" estão localizadas no rio Ngounié, na província de Ngounié, no sul do Gabão, 5 km a montante do Fougamou. As cascatas são compostas por uma cascata principal com 12 m de altura e uma série de rápidos com uma diferença de altura num total de aproximadamente 20 m, numa extensão de 2000 m. A China Gezhouba Group Company Limited (CGGC-Group) vai construir aqui uma central hidroelétrica, inicialmente com duas turbinas, cada um com 21 MW. As plantas de hidro-engenharia serão planeadas e construídas, já preparadas para a configuração final com uma potência total de 84 MW. A GAUFF Engineering prestou apoio consultivo ao ministério da energia do Gabão na seleção e avaliação dos documentos da proposta e planeamento, bem como do contrato de construção.

Serviços

Assistência técnica relativamente a orientação e avaliação da proposta da empresa de construção chinesa com:

  • Verificação da documentação da proposta, em especial as declarações relativas à hidro-geologia, geologia, conceito de planeamento e determinação de energia;
  • Verificação do contrato de construção com o CGGC-Group;
  • Verificação dos estudos ambientais;
  • Verificação de soluções e planos para as obras de segurança e exploração (estrada de acesso, estabelecimento do campo, etc);
  • Elaboração de um primeiro relatório de testes para o cliente;
  • Constatação dos dados no local (se necessário);
  • Elaboração de um relatório final de testes para o cliente.